Assine agora

Thomas Hobbes

Conheça Thomas Hobbes

Thomas Hobbes (5 de abril de 1588 – 4 de dezembro de 1679) foi um filósofo, matemático e teórico político inglês. É um dos principais expoentes do pensamento contratualista na Filosofia Política.

Em primeiro lugar, vamos conhecer sua história

Hobbes nasceu em Westport, Inglaterra. Filho de um pastor anglicano, foi educado por um tio. Estudou os clássicos e com quatorze anos traduziu Medeia, escrita por Eurípedes, para versos latinos. Com quinze anos foi para a Universidade de Oxford, onde aprendeu lógica e filosofia, principalmente a do grego Aristóteles.

Após se formar, Hobbes passou a trabalhar como tutor de William Cavendish, 2º Duque de Devonshire. Nessa época, Hobbes entrou em contato com as ideias do filósofo francês René Descartes, que o influenciaram a desenvolver seu próprio pensamento filosófico.

Obras

Em 1642, Hobbes publicou sua obra mais importante, Leviatã. Nessa obra, Hobbes argumenta que os homens, no estado natural, vivem em uma condição de guerra de todos contra todos. Nessa condição, a vida é solitária, pobre, miserável, sórdida, brutal e curta.

Para escapar dessa condição, os homens concordaram em submeter-se a um poder soberano, que seria responsável por garantir a paz e a ordem social. Esse poder soberano, segundo Hobbes, deve ser absoluto e centralizado.

As ideias de Hobbes foram controversas em seu tempo, mas acabaram por influenciar muitos pensadores posteriores, incluindo John Locke, Jean-Jacques Rousseau e Karl Marx.

Além de Leviatã, Hobbes publicou outras obras importantes, como por exemplo: “Do cidadão” (1642); “De Corpore Politico” (1650); “De Homine” (1658).

Por fim, vamos entender as principais ideias e teorias de Thomas Hobbes

Estado natural: argumenta que os homens, no estado natural, vivem em uma condição de guerra de todos contra todos. Nessa condição, a vida é solitária, pobre, miserável, sórdida, brutal e curta.

Pacto social: Para escapar dessa condição, os homens concordaram em submeter-se a um poder soberano, que seria responsável por garantir a paz e a ordem social.

Soberania absoluta: defende a ideia de que o poder soberano deve ser absoluto e centralizado. O Estado não pode estar sujeito às leis por ele criadas pois isso seria infringir sua soberania.

Natureza humana: argumenta que a natureza humana é egoísta e competitiva. Os homens são motivados pelo desejo de autopreservação e pelo medo da morte.

Direito natural: defende a ideia de que o direito natural é o direito de cada homem de fazer tudo o que for necessário para sua autopreservação.

Lei natural: defende a ideia de que a lei natural é o conjunto de regras que os homens devem seguir para viver em paz e harmonia.

As ideias de Hobbes foram influentes na história do pensamento político e filosófico. Elas ainda são objeto de debate e discussão até hoje.

E então, curtiu o conteúdo? Para mais conteúdos como este, acesse WeStudy, uma rede social física!