Reserve agora

Tigres Asiáticos

Vamos aprender sobre os Tigres Asiáticos?

Os tigres asiáticos são um grupo de quatro países localizados na Ásia Oriental e Sudeste Asiático que experimentaram um rápido crescimento econômico e industrial nas décadas de 1960, 1970 e 1980. São eles:

  • Hong Kong
  • Coreia do Sul
  • Cingapura
  • Taiwan

Em primeiro lugar, é importante pontuar que esses países adotaram políticas econômicas de livre mercado e investimento estrangeiro, ou seja, os ajudou a se desenvolver rapidamente. Eles também investiram em educação e infraestrutura, assim, contribuindo para o seu crescimento.

Com a exceção da Coreia do Sul, os Tigres Asiáticos estabeleceram Zonas de Processamento de Exportações (ZPE) estrategicamente situadas no litoral. Essas áreas são dedicadas exclusivamente à instalação de indústrias multinacionais, as quais desfrutam de diversos incentivos fiscais, assim, focando na produção de bens destinados ao mercado internacional.

Alcançaram progresso econômico notável devido aos investimentos estrangeiros, predominantemente do Japão, à expansão da infraestrutura interna e ao aprimoramento da qualificação profissional de sua mão de obra. Esse modelo de desenvolvimento bem-sucedido tornou-se uma referência para outras economias internacionais, contribuindo para o surgimento dos Novos Tigres Asiáticos.

Os Novos Tigres Asiáticos

São um grupo de cinco países localizados no Sudeste Asiático que estão experimentando um crescimento econômico semelhante aos originais. São eles:

  • Indonésia
  • Malásia
  • Filipinas
  • Tailândia
  • Vietnã

Esses países também adotaram políticas econômicas de livre mercado e investimento estrangeiro. Eles também estão investindo em educação e infraestrutura, o que está contribuindo para o seu crescimento.

Por fim, é importante notar que os tigres asiáticos e os novos tigres asiáticos não são um grupo homogêneo. Cada país tem suas próprias características e desafios. No entanto, eles compartilham algumas semelhanças importantes, como a adoção de políticas econômicas de livre mercado e investimento estrangeiro, e o investimento em educação e infraestrutura.

E então, gostou do conteúdo? Para mais conteúdos como este, acesse WeStudy, uma rede social física!